sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

FERNANDA GASPAR



FERNANDA GASPAR

F  Fernanda Gaspar, foste mais que uma parceira
E E colega com quem tive a honra de trabalhar
R Recordo com carinho o tempo que o “code-share”
N Nos uniu e senti o teu esforço para o aplicar
A Aprendi muito contigo… A calma e o empenho…
N Não consegui foi tornar-te numa BENFIQUISTA…
D Desejo-te tudo de bom e um 2013 próspero
A Abraço e que a merecida reforma seja de alegria!

G Gostaria de continuar a saber noticias tua
A Amiga Fernanda Gaspar e da tua família
S Se tiveres tempo vá até http://joaopcfurtado.blogspot.com
P Postarei ai parte da nossa amizade em poemas
A Amizade que irá perdurar nas nossas vidas
R Repletas de coisas bonitas à recordar com saudades!

Joao Furtado

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

CONTINUO COM O MESMO PORTE

CONTINUO COM O MESMO PORTE

Era hoje disseram que proferiram os Maia
Até o Cristo no Seu mais um Nascimento
Vendo o homem cabisbaixo, com pouca alegria
Ele… Caiu um pouco no esquecimento!

Afinal nada mudou e o mundo continua
Na verdade… Nem sei se não acabou
E u sempre distraído e vivendo na lua
Nem reparei… No mundo onde agora estou…

Sim estou muito provavelmente
No Metafísico mundo da Morte
E tal é a minha triste e pouca sorte
Que continuo com o mesmo porte…

João Furtado
PRAIA, 21 DE DEZEMBRO DE 2012
http://joaopcfurtado.blogspot.com

sábado, 15 de dezembro de 2012

POETAS DEL MUNDO


POETAS DEL MUNDO

P             Poucos são os dias que faltam  
O             O Menino, na nossa humana recordação
E              Estará de novo a nascer para a humanidade
T              Todos desejamos que com ele vem a PAZ
A             A harmonia e a concórdia entre os homens
S              Sem armas nas mãos de fanáticos e lunáticos…

D             Desejamos dias e meses e anos de respeito
E              E de sabedoria perante a natureza
L              Liberta de agressões e de violações…

M            Mundo azul natural e de energia verde
U             Unidos na direcção continua da razão
N             Na certeza de… Na Terra os meninos
D             Definitivamente encontrem a Paz do Menino
O             O Menino que Homem, na Cruz morreu!

João Furtado
Praia, 15 de Dezembro de 2012
http://joaopcfurtado.blogspot.com

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

NOITE BRANCA


NOITE BRANCA

N            Nós os acostumados a ver no branco
O            O símbolo da Paz e harmonia
I              Inspirados na escura noite, de branca
T             Toalha e roupa vestida com alegria
E             Entoamos o Hino da Paz entre os homens!

B             Boa, perfeita e divertida noite
R             Repleta de alegria e paz para todos
A             Amor e carinho quanto basta
N            Nada de exageros desnecessários
C             Com poesias lindas e musicas belas
A             A terra, este nosso Cabo Verde agradece!

João Furtado
Praia, 14 de Dezembro de 2012
http://joaopcfurtado.blogspot.com

MORNA, A ALMA DESTE POVO CRIOULO


MORNA, A ALMA DESTE POVO CRIOULO

M            Meus parabéns a Morna
O             Obra Ancestral da Terra
R             Ritmo cadenciado na saudade
N             Nobremente é Património Nacional
A             A Alma deste povo crioulo!



COM RIMA

MORNA, A ALMA DESTE POVO CRIOULO

M            Meus parabéns a jovem menina Morna
O             Obra Ancestral de Cabo Verde Musical
R             Ritmo cadenciado na enorme saudade
N             Nobremente é Património Nacional
A             A Alma do povo crioulo maior se torna....

João Furtado
Praia 14 de Dezembro de 2012
http://joaopcfurtado.blogspot.com

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

SINOPSE DO FILME “BOITA”

SINOPSE DO FILME “BOITA”

Sobre a fonte da energia cíclica da vida nos mercados e as suas cores. O eterno recomeçar dos dias. A eterna busca, entre pregões, música, risos, gritos, alegrias e tristezas. Os mercados são mundos, onde tudo acontece, onde tudo é real.

O PÓDÒGÓ
(grupo)

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

SAÚDE PAZ E ALEGRIA



PARA TODOS

SAÚDE PAZ E ALEGRIA

S     Se me permitirem neste Natal
A     A Paz para todos, vos desejo
Ú     Única razão da alegria interna
D     De cada um de nós os humanos
E     E que vejamos um irmão em cada irmão!

P     Porque é necessária a saúde para se alcançar
A     A longevidade nesta curta vida
Z     Zelem para não haver excessos excessivos…

E     Esta é uma diga... Partilhem com os outros…

A     Agora que partilharam o pouco tem têm
L     Libertos dos excessos e felizes
E     Espero que a alegria… Vos contaminem
G     Grande e especial e Santo Natal
R     Repleto de PAZ, Amor e carinho…
I     Imenso sonho para o futuro
A     Ano que se avizinha, desejo a todos!

João Furtado
Praia, 12 de Dezembro de 2012
http://joaopcfurtado.blogspot.com

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

REGRAS DE JOGO

REGRAS DE JOGO

No deserto a pregar
Teve um pobre João
Este aqui sem coração
Nem sabe como amar
Muito menos fazer de Santo
E de troco o silencioso lamento…

Para melhor estar
Nesta vida de contraste
Quero ter de dizer-te com arte
Que vou-me então calar
E para as regras do jogo
Responder-te-ei apenas... Digo!

João Furtado
Praia, 10 de Dezembro de 2012
http://joaopcfurtado.blogspot.com/

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

A TRINDADE NO NATAL DE 2012


A TRINDADE NO NATAL DE 2012

Se Deus-Pai à Terra quisesse visitar
Neste século de dor e abandono
Não viria na Pobre e Santa Família
Que muito teve para dar e amar
Ao Menino deitado e no sono
Certamente abandonado e sem alegria
Na esquina do teu bairro a chorar
Desamparado e sem humano dono
O Deus-Menino  e Filho estaria

E ele e tu e eu, cegos pelos prazeres
Nesta vida egoísta dos humanos
Não repararíamos no Deus-Espírito
Em forma de Pomba triste num canto
Por ver tantas guerras e tantos danos
Feitos por nós… Estes ditos pensadores!

João Furtado
Praia, 07 de Dezembro de 2012
http://joaopcfurtado.blogspot.com

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

O MERCADO DA PRAIA


O MERCADO DA PRAIA

O Mercado da Praia
É mais que um mercado
Tem bebé deitado
No berço que é pedra fria
Num reparador sono dormindo
Enquanto a mãe continua vendendo
Para o sorriso e a alegria
Dos irmãos ainda crianças
Cheios de imaginações e crenças
Brincam atropelando fregueses e revendedeiras…
Revendedeiras que se transformam
De tantos juntas viverem
Numa enorme família
Com seus amores e seus ciúmes….

João Furtado
Praia, 05 de Dezembro de 2012
http://joaopcfurtado.blogspot.com